Primeiros Passos

Quais as diferenças entre WordPress.com e WordPress.org

Veja as diferenças entre as versões .com e .org e saiba qual escolher.
Anúncios Google

Depois de ler o post sobre WordPress x Blogger e passear por aí obtendo mais informações, você toma uma decisão: “terei meu blog no WordPress”.

Parabéns, mas existem duas versões do WordPress. Uma é 100% gratuita, nos moldes do Blogger e outras ferramentas: só fazer o registro e começar a usar. A outra é “paga”, ou melhor, você não paga nada pelo software, mas vai precisar de instalação e domínio próprios.

Embora a versão gratuita seja mais rapidamente vista como melhor, conheça as características de cada para entender porque isso não condiz com a verdade — ao menos se você vai levar seu blog a sério.

Vejamos a diferença entre os dois WordPress.

WordPress.com

WordPress.com, a versão grátis

Serviço de responsabilidade da Automattic. Oferece gratuitamente hospedagem, domínio, e tudo já configurado, usando o pacote de instalação do “software” do WordPress (que inclui uma série de arquivos em formatos como PHP e CSS, integrados com um banco de dados em MySql). Como visto no post anterior, é só abrir a conta e começar a usar. O serviço é mantido pela empresa através de outros produtos, doações recebidas pela distribuição de plugins, e melhorias pagas pelos usuários do próprio WordPress.

Tem desvantagens, como falta de acesso a um número maior de opções e personalização, só possíveis mediante pagamento. Por exemplo: acesso à folha de estilos e configuração de redirecionamento para um domínio próprio. Não dá pra fazer QUALQUER COISA com seu blog. É preciso ter em mente que, ao usar, estará colocando seu conteúdo num lugar que não é seu. Logo, se a empresa resolver deletar tudo por qualquer razão (improvável que aconteça), você pode reclamar com o Papa.

As vantagens estão nas facilidades para o usuário: quase tudo é feito automaticamente, como backups, controle de spam, espaço em disco e banco de dados suficiente para para grandes blogs, atualização do software do blog, etc.

Só use o WordPress.com para se familiarizar com menus, postagens e ferramentas básicas; para aprender a usar blogs.

WordPress.org

WordPress.org, software completo para criação de blogs com domínio e hospedagem própria

É o site do software, o mesmo que é usado no WordPress.com. O diferencial é que você pode baixar o software, modificá-lo (se quiser), instalá-lo em um servidor e configurá-lo como bem entender.

As possibilidades de ajustes são incontáveis. Pode-se usar qualquer extensão (plugin) ou tema existente — desde que compatível com a versão, claro — e transformar seu blog como puder e quiser. Ele é distribuído em licença aberta; você pode até redistribuir versões modificadas nos mesmo termos.

Claro que essa liberdade exige…

  • bem mais conhecimento e dedicação por parte do usuário
  • pagar domínio e hospedagem com suporte a PHP e MySql, pra começar
  • estar familiarizado com envio de arquivos por FTP
  • configurar extensões de bloqueio de spam, backup, etc

…e tudo mais. Aí o iniciante pensa: “deve ser muito complicado, jamais vou conseguir“. Tem seu nível de dificuldade, mas não é bicho de sete cabeças pra quem se dedicar. Lendo tutoriais com atenção, qualquer usuário médio de tecnologia instala um blog WordPress no servidor. A manutenção demanda mais de aplicação, nada que tempo e esforço não faça.

E o escolhido é…

Ter um blog em WordPress, com instalação e domínio próprios, é o primeiro passo no sucesso da sua empreitada. Esqueça a ideia de que “já vi grandes blogs no WordPress.com e Blogger, então também posso“. Até acontece, mas entre os maiores blogs, nenhum, ou quase nenhum, usa hospedagem e serviços grátis. Quem quer ganhar precisa investir, e não apenas tempo.

Veja que não estou falando de nenhuma grande fortuna: uma hospedagem de nível médio para blogs também medianos sai na faixa dos R$30,00 por mês, muitos deles até com ferramenta de instalação automática do WordPress: é só dar uns cliques em um painel de controle bem intuitivo, e o blog já fica pronto para usar nas configurações básicas.

O domínio pode ser registrado no Brasil, no site registro.br, ou no exterior por várias empresas. Um endereço www.seublog.com.br fica em mais R$30 por ano — sim, por ano, não é por mês como a hospedagem. Então, com uns R$60 você inicia o blog, com uma mensal de mais uns $30 para manter.

Acha muito? É o preço pela segurança, praticidade e conforto de ter o blog inteiramente na sua mão. Além disso, blogs pagos são mais respeitados, tanto pelo público quanto motores de busca — a chance de um blog grátis aparecer antes de um pago se ambos tiverem conteúdos de qualidade é menor, até porque a variedade de otimizações possíveis no seu blog (SEO) será maior.

Author

Fundador do Tutoriart em 2010, é ex-instrutor de Photoshop, design web e gráfico. Em quase uma década de redação online, tem cerca de 1500 artigos publicados. Gerencia também o Memória BIT.

Write A Comment

Pin