Dicas

Como exportar camadas para arquivos no Photoshop via script

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr
Anúncios Google

Situação corriqueira no Photoshop: você vai retocar fotos que tirou no fim de semana, mas em vez de fazer uma por uma, resolveu empilhá-las em várias camadas conforme retoca, num único arquivo; outra: está criando uma série de imagens com o mesmo tamanho, um em cada camada. Em ambos os casos, precisa que o conteúdo das camadas seja salvo em arquivos individuais.

Aí a amolação: como fazer isso? Quem não tem conhecimento de um recurso simplíssimo, e que às vezes passa despercebido, opta pelo caminho mais difícil: ativar a visibilidade de uma camada, usar o comando Salvar Como… então fazer o mesmo com a camada seguinte, até terminar. Se forem umas cinco ou seis camadas, ainda vá lá, mas e se forem oitenta?

Desde a versão CS , existe um comando que acaba com o drama. Trata-se do Exportar camadas para arquivos (Export layers to files). Com ele, bastam alguns cliques e esperar: o Photoshop trabalha enquanto você vai tomar um cafezinho.

São muitas possibilidades de uso, certamente você vai achar outras no dia a dia.

Veja como é simples: no nosso modelo, um arquivo com apenas cinco camadas (seu arquivo pode ter muito mais que isso). Elas têm os nomes padrão “Camada 1”, “Camada 2”, etc, mas se precisar, nomeie cada uma já com o nome que o arquivo de saída terá. Assim, se eu quisesse arquivos “carro_1.jpg” até “carro_5.jpg”, poderia nomear as camada agora.

Supondo que já editei cada uma como precisava, agora quero exportá-las separadamente como arquivos jpg, tendo assim minhas cinco fotos de carros.

camadas do Photoshop

Vá ao menu Arquivo > Scripts > Exportar camadas para arquivos… (Files > Scripts > Export layers to files…). Ajuste as configurações conforme sua necessidade.

As opções são as seguintes:

exportar camadas para arquivos Photoshop1. Destination (Destino): onde os arquivos serão salvos. Como em qualquer janela de navegação, clique em Browse (Procurar) e escolha a pasta.

2. File Name Prefix (Prefixo do Nome de Arquivo): com essa opção, você insere um prefixo no nome de todos os arquivos.

Por exemplo, para dar aos arquivos o nome de “feriado_0001_camada1.jpg”, “feriado_0002_camada2.jpg”, etc, use o prefixo “feriado”. No exemplo, vou usar o termo “slide”, supondo que as imagens seriam usadas num slideshow.

3. Visible Layers Only (Apenas Camadas Visíveis): se marcada, apenas camadas com a visibilidade ativa no momento em que o script for rodado serão exportadas. Caso contrário, todas serão.

4. File Type (Tipo de Arquivo): escolha um dos tipos de arquivo disponíveis no script para as imagens que serão criadas. Escolhi JPEG.

5. Include ICC Profile (Incluir Perfil ICC): se marcada, os arquivos exportados terão o perfil de cores usado inserido na imagem.

6. JPEG Options: opções de saída, variam conforme o tipo escolhido. No caso do JPEG, é a qualidade do arquivo; no TARGA e BMP, é a profundidade de bits; no PDF, o tipo de compactação (ZIP ou JPEG) e a qualidade; no PSD, a opção de maximizar compatibilidade com versões anteriores do Photoshop; e no TIFF, a compressão das imagens e a qualidade.

7. “Especifique o formato e lugar para salvar cada camada como um arquivo“.

8. Quando tiver terminado os ajustes, clique em Run (Executar) para iniciar o script, ou em Cancel para fechar a janela.

Relaxe!

Espere pacientemente enquanto o Photoshop trabalha para você. Quando surgir este alerta, o serviço foi concluído.

alerta de script Photoshop
Exportar Arquivos para Camadas foi bem-sucedido.

Veja na pasta que você escolheu para a saída, que o prefixo usado está devidamente nomeado em cada arquivo, no formato: prefixo_número da imagem_nome da camada.jpg.

imagens exportadas Photoshop

Se não quiser o prefixo é só deixar a caixa em branco. A numeração ajuda bastante, pois podemos ter camadas com o mesmo nome, mas se isso atrapalhar, dá pra alterar o script. Veja aqui como remover a numeração do script.

Espero que seja útil. Até a próxima!

Imagens: Ghost Town, de Petr Kovar; Lincoln Continental, de Nick Winchester; Old Car, de Vanessa Dean; Rusty Car, de William Schenold; Dusty Car, de hildegunst.

Fundador do Tutoriart em 2010, é ex-instrutor de Photoshop, design web e gráfico. Em quase uma década de redação online, tem cerca de 1500 artigos publicados. Gerencia também o Memória BIT.

12 Comentários

  1. Ha nesse post eu tive que comentar , mano eu não sabia que existia isso obrigado cara <3

  2. Daniel MUITO OBRIGADO pela dica, nunca tinha explorado muito esse menu, ja me ajudou muito. Mas tenho uma pergunta: Tem como fazer isso mantendo uma camada de fundo? (Ex: 41 Layers, 40 fotos de pessoas na lateral mantendo o mesmo fundo, como um cartão postal).

    Segui tua dica desse artigo e logo depois fiz uma action criando uma moldura e depois colocando no lote, mas talvez tenha uma forma de fazer isso de uma vez.

    Vlw ^^

    • Deve ter como gravar uma ação específica pra isso, William, mas pra falar a verdade agora eu nem saberia como. Vou fazer uns testes depois e se conseguir te falo aqui, blz?

Deixe um Comentário

Pin