Diversos

Tutorial Photoshop: Linhas Luminosas Para Criação de Backgrounds e Wallpapers

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr
Anúncios Google

Nesse tutorial você vai desenvolver um efeito simples com a criação de linhas luminosas, que bem empregadas podem render belos papéis de paredes e fundos para uso diverso. O que buscamos aqui é a fixação de como obter o resultado e não criar um papel de parede.

Para obter a luminosidade são usados dois métodos: estilos de camada do Photoshop (Brilho Externo e Sombra Projetada), além de uma camada colorida no modo de mesclagem “Cor”.

Você também pode misturar outros elementos às linhas, como spots de luz e imagens. Textos com diferentes efeitos também ficam excelentes.

Crie um novo documento no Photoshop. Estou usando o tamanho 1024 x 768 pixels (a resolução mais baixa entre as usadas em monitores atuais). Preencha a camada única em preto. Crie então uma nova camada (botão “Criar uma nova camada”, no rodapé da janela Camadas), e nela, usando a ferramenta Caneta, crie uma curva parecida com a vista a seguir.

Você vai precisar de dois ou três curvas. Se não souber usar a Caneta, leia o artigo Como Usar a Ferramenta Caneta.

Curva criada

Selecione a ferramenta Pincel, escolha um macio redondo, com só 1px de raio. Mantenha a cor branca no primeiro plano. De novo com a Caneta, clique com o botão direito no papel e selecione “Traçar Demarcador”, escolha “Pincel” e marque a caixa “Simular pressão”. Com isso, você vai obter um traço bem fino, que esvanece nas extremidades.

Nota: para isso funcionar, ao configurar o pincel, certifique-se de que na paleta de Dinâmicas do Pincel (atalho: F5), a caixa “Dinâmicas de Forma” está marcada, e os valores em zero).

Clique Delete para excluir o demarcador que deu origem ao traço, não precisamos mais dele.

Traço pronto

Vamos transformar esse traço em um novo pincel. Segure a tecla Ctrl e enquanto segura, clique sobre a miniatura da camada do traço, na janela de Camadas. Isso vai criar uma seleção em torno do conteúdo daquela camada (o traço). Siga ao menu Editar > Definir Predefinição de Pincel… Dê um nome ao seu novo pincel.

Criando o pincel

Desligue a visibilidade da camada do traço e crie uma nova camada, é nela que vamos continuar. Na paleta de Dinâmicas do Pincel, configure as Dinâmicas de Forma e Dispersão da seguinte forma:

Dinamicas de forma do pincel

Dispersão do pincel

Agora basta passar o pincel em uma das direções, numa pincelada só. Graças aos ajustes anteriores, vários traços difusos serão criados. Você pode tanto fazer uma linha de traços (segurando Shift enquanto pincela) quanto carregar mais nas linhas de um lado, ou tentar formas desenhos abstratos. Vá experimentando, e quando não gostar é só desfazer (Ctrl + Z ou Ctrl + Shift + Z) e tentar de novo.

O meu ficou assim:

Aparência dos traços

Agora a estilização. Comece aplicando os Estilos de Camada: uma sombra projetada (que graças à cor escolhida não terá nada de “sombra”, seguido por um brilho externo.

Ajuste da sombra projetada

Ajuste do brilho externo

E com isso, nossos traços já ficaram assim:

Traços após efeitos

Para aumentar o brilho, você pode (opcional) duplicar a camada dos traços.

Após camada duplicada

Para complementar, alguns efeitos de cor. Crie uma nova camada acima de todos e com um pincel redondo grande, macio, pinte pontos de cor. Use tons bem vivos.

Pontos de cor pintados

Depois mude o modo de mesclagem para “Cor” e reduza a opacidade da camada para cerca de 50%.

Esse é o resultado final (com um texto adicional):

resultado final do tutorial - linhas brilhantes no Photoshop

Se perdeu alguma parte, baixe o arquivo fonte abaixo e estude as camadas e efeitos à vontade.

Fundador do Tutoriart em 2010, é ex-instrutor de Photoshop, design web e gráfico. Em quase uma década de redação online, tem cerca de 1500 artigos publicados. Gerencia também o Memória BIT.

Pin