Tutorial: Criando um Papel de Parede em Bokeh no Photoshop

1
2016

O Bokeh é um dos "queridinhos" do momento para quem curte fotografia e ilustrações. Todo mundo quer criar backgrounds e enriquecer seus trabalhos com esse efeito. Para quem nunca tentou ou limitou-se a usar apenas pincéis e recursos prontos - que são encontrados aos montes por aí - vai aqui um tutorial básico, usando ferramentas simples como o pincel e alguns estilos de camada do Photoshop para desenvolver um belo papel de parede em "falso bokeh".

O bokeh teve origem numa técnica fotográfia, e o termo é oriundo da palavra japonesa "boke" (algo como "borrado" ou "névoa").

Leia também → Recursos e tutoriais para Bokeh no Photoshop

Os pontos desfocados coloridos ou brancos, brilhantes, resultam em imagens oníricas e iluminadas; veja alguns exemplos de bokeh em fotografia:

Rainbow Lorikeet Head

de Nick Bradsworth

Rainbow Lorikeet Head bokeh

Josefina with Bokeh

de Carlos Luis Camacho

Josefina With Bokeh

Nosso papel de parede em bokeh terá um tamanho simples (1024 x 768); use o tamanho que quiser. Comece criando um novo documento no Photoshop. Preencha a camada única com uma cor qualquer. Não faz diferença qual, pois vamos aplicar um preenchimento de degradê a seguir.

Novo documento no Photoshop para o bokeh

No rodapé da janela de Layers (Camadas), clique no botão Add layer style (Adicionar estilo de camada, tem as letras fx). Selecione Gradient Overlay (Sobreposição de Degradê) e ajuste como visto a seguir:

Gradient Overlay para a camada de fundo

Crie uma nova camada. Selecione a ferramenta Brush (Pincel, atalho: B). Abra o painel de ajustes da ferramenta (no menu Window > Brush, ou Janela > Pincéis). Vamos ajustar o pincel para criar o bokeh.

Janela de configurações do pincel no Photoshop

Em Brush Tip Shape (Forma da Ponta do Pincel), escolha um pincel redondo duro (Hard Round 30) e arraste a barra de Spacing (Espaçamento) para transformar o pincel em uma série de bolas. Eu usei 140%, fique à vontade para alterar isso.

Aumente o Spacing em Brush Tip Shape

Clique na opção Shape Dynamics (Dinâmicas de Forma). Em Size Jitter (Tremulação de Tamanho), a alteração do valor fará com que as bolas mudem de tamanho ao longo do traçado. Como uso uma mesa digitalizadora, o controle ficou em Pen Pressure (Pressão da Caneta). Se você também tiver, pressionar menos a caneta resultará em bolas menores, e vice-versa. Se usa o mouse, elas serão alternadas ao longo do traço.

Em Shape Dynamics, mude o Size Jitter

Clique em Scattering (Dispersão), onde você pode alterar o valor na barra de Scatter: as bolas serão espalhadas nos arredores do traçado. Marcando a caixa Both Axes (ambos os eixos), as bolas se deslocarão horizontal e verticamente em relação ao traçado.

Na barra de Count (Contagem), pode ser aumentada a quantidade de bolas espalhadas a cada traço. Recomendo não aumentar muito para não tornar as bolas muito compactas - queremos uma aparência mais arejada, com algum espaço entre elas, e quando for preciso compactar, basta passar o pincel outra vez no papel.

Ajustes do Scattering (dispersão)

Marque a caixa Wet Edges (bordas aguadas), para suavizar o interior das esferas.

Marque a opção Wet Edges

Está pronto o pincel. Com uma cor fácil de visualizar como o branco, trace uma vez sobre o papel, naquela camada que criou antes e ficou vazia. Use um tamanho médio de pincel, entre 70 e 90. Deverá obter algo parecido com isso:

Traçado com o pincel será convertido em bolas, com as configurações aplicadas antes

Vamos desfocar bem essas esferas, pois elas aparentemente estarão mais longe do observador. Siga ao menu Filter > Blur > Gaussian Blur (Filtro > Desfoque > Desfoque Gaussiano). Use 25 ou mais de Raio.

Gaussian Blur de 25 sobre a pincelada para desfocar as esferas

Crie uma nova camada. Com o mesmo pincel, mas variando o tamanho, crie mais esferas. Se achar que ao mudar o tamanho elas ficaram muito coladas, volte ao painel de ajustes e mude configurações como o Scatter e o Size Jitter. Na minha segunda camada eu aumentei o tamanho do pincel (175), diminuindo o Scatter e o Count. Ficou assim:

Bokeh: segunda camada de esferas

Essa seria a segunda profundidade, simulando esferas maiores e um pouco mais próximas que as primeiras, então vamos desfocá-las menos. Use o mesmo Gaussian Blur de antes, mas com Radius de apenas 10.

Esferas mais próximas com menos Gaussian Blur que as mais distantes

Vá repetindo esse processo: esferas mais longe = esferas menores e mais desfocadas. Para a camada da frente, crie esferas bem grandes alternadas com pequenas, colocando uma ou outra perto do canto do papel (como se estivesse bem perto do observador).

Esferas mais próximas ficam mais nítidas e devem ser maiores

Nessa camada com esferas de "primeiro plano", não vamos aplicar o Gaussian Blur, pois não queremos um desfoque tão intenso. Use o Surface Blur, como visto abaixo (10 - 100).

Surface Blur (Radius 10 / Threshold 100)

Você pode criar outras camadas se quiser, com mais esferas. Quando estiver satisfeito, crie uma nova camada acima das demais, selecione o Brush Tool (ferramenta pincel) e no painel de ajustes desative as configurações que fez antes - vamos pegar um pincel "limpo". Selecione um redondo macio (como o Soft Round 30, o primeiro da lista de pincéis).

Pincel macio redondo, o Soft Round

Com um tamanho em torno de 200, clique uma vez sobre o papel. Surgirá um ponto luminoso com as bordas suaves. Crie outras em pontos que achar interessantes. Dá pra fazer uma boa iluminação na imagem com essas bolas de luz. Se quiser, pinte também algumas luzes em cima das esferas maiores feitas antes.

Clique uma vez para criar um ponto luminoso

Para iluminar menos esferas do segundo plano, baixe a opacidade do pincel, na caixa que fica na barra superior, Opacity (use uns 50%).

Veja como criar um ponto luminoso simples:

Clique uma vez, diminua o pincel e clique de novo
Clique uma vez, diminua o pincel e clique de novo

Não exagere nos pontos luminosos... ou exagere, afinal a obra é sua. A minha ficou assim:

Bokeh com pontos luminosos

Não acabou ainda. Vamos colocar um pouco de cor nas esferas. Use Layer Styles (estão no botãozinho com as letras fx no rodapé da janela de camadas) do tipo Gradient Overlay sobre cada uma das camadas de esferas.

Sobreposição de degradê para colorir as esferas do bokeh
O degradê foi aplicado nas esferas de segundo plano
O degradê foi aplicado nas esferas de segundo plano

Escolha cores numa combinação harmoniosa. Se preferir, deixe uma das camadas de esferas em branco, para manter um brilho maior.

Vamos dar um retoque final. Selecione a camada do fundo e siga ao menu Layer > New Fill Layer > Gradient (Camada > Nova Camada de Preenchimento > Degradê. Confirme e configure-o como visto a seguir.

Ajustes para a camada de preenchimento tipo degradê
Use o degradê do tipo Ângulo para criar o efeito de explosão

Complete mudando a mesclagem da camada de preenchimento para o modo Luminosity (Luminosidade) e sua opacidade para cerca de 15%.

Mesclagem no modo Luminosity e redução da opacidade da camada

Resolvi também escurecer mais o fundo da imagem: basta dar um duplo-clique sobre a miniatura do Gradient Overlay da camada de fundo e editá-lo como visto abaixo.

Edição do estilo Gradient Overlay na camada de fundo, com adição de um ponto de cor mais escuro

É o bastante por enquanto. Ficou assim (clique para ampliar):

Papel de parede em bokeh finalizado

Outro modelo que fiz rapidamente, com pequenas mudanças no processo:

Papel de parede em bokeh modelo 2

O seu não precisa ficar igualzinho - pelo contrário, crie e modifique como quiser, insira cores, crie mais esferas com desfoque, use outros tipos de desfoque...

Se você ficou perdido em algum passo, pode baixar o arquivo-fonte do tutorial no formato do Photoshop (.psd) para estudar as camadas e efeitos. Clique no botão abaixo e troque o arquivo pela divulgação deste artigo em uma rede social de sua preferência. Fora isso, é grátis!

Qualquer dúvida ou sugestão, comente. Abraço!

- Publicidade -

Receba atualizações do Tutoriart

É grátis, e você pode escolher entre receber só sugestões sobre arte, design gráfico, Photoshop, etc, ou só sobre WordPress, blogging, design web, snippets, etc. Ou tudo, se preferir!

Quero assinar...
Ao assinar, você concorda com os Termos de Privacidade.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui