Design

Thematic: Framework Para Facilitar a Criação de Temas

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr
Anúncios Google

Se você já tem alguma experiência em web design, tem conhecimento ao menos intermediário de linguagens como HTML, Javascript, CSS e PHP, e gosta de WordPress, provavelmente já criou, ou pensou em criar, um template personalizado para seu blog, ou de algum cliente. Mas o trabalho de construir um template do zero, reescrevendo todas as páginas, é grande. E depois de passar por toda a etapa de programação (quase integralmente em PHP), ainda tem a estilização, design das imagens em algum programa, etc.

Para facilitar a vida dos designers, existem os frameworks. Eles são como o “esqueleto” na construção de um template, trazendo toda a estrutura das páginas já pronta, restando ao designer apenas estilizar tudo, e inserir suas próprias modificações, de acordo com as necessidades do blog que vai usar o tema.

Ainda que alguns prefiram programar tudo desde o início, sob o argumento de que assim terá mais controle sobre o template de forma geral, com os frameworks, tendo conhecimento suficiente, é possível fazer qualquer coisa, pulando várias etapas que seriam obrigatoriamente seguidas na criação de um tema. Se os recursos nativos do framework não forem suficientes, basta fazer as alterações necessárias em seu código para incluir novas funções.

O template anterior aqui do Tutoriart, por exemplo, foi criado sobre um framework, o Thematic. Se visitar a página de modelo do framework original, verá que ele foi bastante modificado antes de ser empregado aqui. E isso é apenas um exemplo.

Neste artigo, você vai conhecer melhor o Thematic, mais que recomendado no processo de criação de temas. E antes que pensem que é pago, já aviso que não: Thematic é grátis para baixar, usar e fazer o que bem você quiser.

Thematic

Aparência do Thematic - clique para ver a página em ação

Áreas de widget usadas no tema do Tutoriart

Gratuito e de código aberto, o Thematic é altamente adaptável às necessidades do designer, sendo otimizado para os motores de busca, usando um código limpo e emprego correto das tags e regras de estilização.

Se as ferramentas do tema não forem suficientes, basta conhecer o código necessário (normalmente PHP e/ou CSS) e fazer as alterações necessárias. Por exemplo, se você precisar de mais áreas de widget, em áreas específicas, é só editar o tema.

Veja ao lado as áreas de widget disponíveis ao utilizar o Thematic em seu blog: 13 áreas padrão, mais uma na header, que é inserida facilmente com poucas linhas de código no arquivo functions.php.

Recursos

  • Pode ser usado tanto como um tema clean, ou como base de desenvolvimento de temas derivados (child themes);
  • Totalmente otimizado para os motores de busca;
  • 13 áreas de widget prontas para uso (possível aumentar através de códigos);
  • Temas derivados disponíveis para download, livre para uso comercial ou pessoal;
  • Tema derivado modelo incluso;
  • Guias e de ajuda e fóruns disponíveis na internet;
  • Totalmente compatível com plugins como All-in-One SEO e Platinum SEO;
  • Fácil implementação de layouts 2 ou 3 colunas (ou outras através de modificaçõse no código);
  • Texto no footer editável (pode-se inclusive remover o crédito ao autor, sem qualquer dano ao tema);
  • Opções para blogs multi-autor;
  • Constantes atualizações;
  • entre outros.

Usando Como Tema Pronto

Antes de mais nada, o Thematic pode ser tranquilamente usado como tema pronto. Você terá um blog clean, de fácil leitura, organizado, com muitas áreas de widget e otimizado para os motores de busca. A fonte dos textos é de leitura agradável, tons que não cansam a vista depois de algum tempo, e as colunas são bem distribuídas, com espaço suficiente para tornar o visual limpo.

Se você precisar modificar o tema, pode proceder de duas formas…

Child Themes

Pode-se, além de usar o tema sem alterações, modificá-los de duas formas: duplicar o conteúdo de toda a pasta do tema, e criar um tema novo a partir dele. Você poderá alterar qualquer arquivo do tema (menos indicado, já que neste caso, você não poderá contar com futuras melhorias no tema base). Ou, criar temas “filhos”.

Temas “filhos”, ou child themes, são criados modificando apenas o arquivo de estilização do tema (style.css) e a página com as funções do tema (functions.php). Todo o resto do tema será carregado a partir dos arquivos do tema “pai”, que não deverão sofrer nenhuma alteração. Com isso, você terá um tema personalizado, e ainda contará com a possibilidade de atualizá-lo conforme surjam novidades dos desenvolvedores.

Se você não tiver conhecimento suficiente para desenvolver seus próprios temas, pode tentar usar algum dos disponibilizados, na página oficial de child themes do Thematic (veja mais abaixo).

Ajuda

Além dos recursos, o Thematic conta com uma comunidade de suporte, podendo o designer questionar sobre qualquer alteração e obter ajuda dos outros membros, ou pesquiser em um vasto acervo de dúvidas resolvidas (em inglês, claro).

Alguns temas “filho”, disponíveis para download:

Acamas

Baixar o child theme Acamas para Thematic

The Gallery

Baixar child theme Gallery para Thematic

Early Morning

Baixar child theme Early Morning para Thematic

Visualizar o tema em ação

Simple Chart (JS)

Baixar child theme Simple Chart para Thematic

Visualizar o tema em ação

Auto Focus

Baixar child theme Auto Focus para Thematic

Visualizar o tema em ação

Astatic

Baixar child theme Astatic para Thematic

Visualizar o tema em ação

Ninja One

Baixar child theme Ninja One para Thematic

Links do Thematic

Fundador do Tutoriart em 2010, é ex-instrutor de Photoshop, design web e gráfico. Em quase uma década de redação online, tem cerca de 1500 artigos publicados. Gerencia também o Memória BIT.

2 Comentários

  1. Olá, gostei do seu artigo, sobre frameworks, recentemente tenho pesquisado sobre frameworks para fazer temas mais consistentes, porque fazer do zero sempre gera erros e dá trabalho para corrigi-los, Tenho tentado usar o whiteboard framework mas depois do seu post vou tentar o thematic também,
    se puder gostaria que trocar uns emails com vc a respeito desse tema !

    • E aí Kleberson?
      Na verdade, eu nem tenho MUITA experiência com frameworks. Testei o Sandbox e o Thematic, e este foi o único no qual realmente me aprofundei, por necessidade. Ele era base do tema aqui até dias atrás, mas devido a problemas de carregamento (causados por mim, que sobrecarreguei o código e daria muito trabalho desfazer tudo), acabei editando um template novo (Koi). Ainda pretendo empregá-lo em outros blogs.

      Para quem tem alguma experiência em CSS, HTML, PHP e WordPress, pode ser até mais fácil editar um tema, já que criar do zero, como você disse, acaba dando “zebra”. E para quem tem pouca experiência, ainda parece-me que os frameworks ajudam bastante.

Deixe um Comentário

Pin