Primeiros Passos

Razões Pra Você Não Querer Um Blog Profissional

Anúncios Google

Então você já tem seu blog pessoal, usando um serviço grátis como o Blogger ou WordPress.com, mas de tanto ouvir o pessoal falando que dá pra ganhar dinheiro sem levantar o traseiro da cadeira, resolveu ler tudo sobre os probloggers pra tentar ficar rico também? Não precisa ter vergonha de admitir: transformar o que era passatempo numa fonte de renda extra parece tentador.

Ao contrário de incentivar, dizer coisas como “vamos lá, padawan, faça isso, lute, olho de tigre”, dessa vez minha abordagem será outra. Tem muita gente entrando nessa onda sem ter nenhuma possibilidade de avançar, não por incompetência, mas por incompatibilidade de rotinas e perfil.

Sair da gratuidade e levar seu blog ao profissionalismo – ainda que isso não seja feito só de pagamentos e sim do que você produz – não custa tanto. Com uns R$50,00 você começa. O ponto é saber se você está mesmo pronto pra assumir o nível de compromisso que seus planos exigem –  pois se for pra descobrir seis meses depois que não se adapta àquela rotina, o dinheiro terá sido jogado fora, e você vai achar que todo mundo é mentiroso e ganhar dinheiro com blogs é lenda.

Problogger: quer mesmo ser?
Problogger: quer mesmo ser?

Algumas razões então para você pensar duas vezes antes de sair pagando tudo quanto é serviço:

Não Terá Retorno Por Muito Tempo

Enquanto seu blog era gratuito você não tinha que se preocupar com contas. Era só logar e escrever tranquilo, sem ter o risco de chegar no fim do mês e ver todo seu trabalho sumir porque esqueceu de pagar alguma coisa. Por outro lado, o blog não rendia nada, e você leu em algum lugar que os blogueiros profissionais ganham mais dinheiro que o tio Patinhas.

Leia também → Monetização: É Mesmo Possível Ganhar Dinheiro Com Seu Blog?

E como vai gastar com o que não gastava antes, já está meio desesperado e quer ver resultado logo, afinal não arranjou mais contas pra ficar na saudade.

Então saiba antes de começar que isso não funciona assim.Você se acha demais e pensa que vai conseguir antes de todo mundo? Esqueça, a chance de você ser uma exceção é mínima. Serão necessários meses (na melhor das hipóteses) de trabalho duro até que o dinheiro que entra seja maior que o que sai, e enquanto esse dia não chega, prepare-se para colocar a mão no bolso.

Pense no dinheiro que vai gastar nesse período como um investimento de médio ou longo prazo – se desistir dele, perde tudo, mas se continuar firme, o retorno é garantido.

Terá Que Aprender Muita Coisa

SQL, PHP, CTR, CSS, HTML, SERP, SEO… são algumas das siglas que você deverá ter mínima noção do que significam, a não ser que pretenda ser extorquido por profissionais que vão lhe cobrar um absurdo para fazer ajustes de 5 minutos no  seu blog quando alguma coisa der errado (e acredite, sempre acontece algo errado). Não que você precise se tornar o supra-sumo do conhecimento das áreas, mestre da redação ou um gênio da tecnologia, mas é fundamental saber certas coisas.

Enquanto você estava lá no blog grátis, quase tudo isso era desnecessário ou superficialmente necessário, ainda mais se você queria mesmo era só escrever para os amigos ou grupos próximos, sem grandes preocupações. Mas pra conseguir levar seu conteúdo a um público maior, entender a estrutura do blog e como alterá-la a fundo será fator decisivo. Prepare-se para ler e absorver muito conhecimento.

Vai Passar Muito Tempo no Blog

Você que passa só um tempinho por dia no computador, escrevendo ou lendo sites e blogs dos outros, caçando inspirações e coisas interessantes pra postar, e gosta desse ritmo mais lento, não vai querer ter um blog profissional. Isso vai exigir muito mais que “um pouquinho por dia” de dedicação.

Já viu aquelas tirinhas que o Nadaver publica sobre a vida do problogger?  Você não precisa chegar a um extremo desses, mas se está planejando empregar só umas 2 horas nos finais de semana, tipo aquelas que sobraram no talo do Domingo e que já está acostumado a gastar com isso, a chance real de chegar aos objetivos maiores é pouca.

Nadaver a a vida do problogger
Dedicar tempo é importante, mas cuidado pra não chegar nesse nível…

Lidar com Trolls/Spammers/Hackers

Árvore que não dá fruto ninguém atira pedra“. Como diz o velho provérbio, seu blog pequeno e pessoal não tem tanta exposição, e portanto há pouca presença de gente que você não quereria lendo seus posts e fazendo outras artes. Gente essa seriam os populares trolls, que farão de tudo para tirar você e outros visitantes do sério, numa busca por atenção e diversão – há quem se divirta vendo o nível baixar em áreas de comentários e redes sociais.

Se ter imbecis como esses lendo e comentando não é problema, lembre-se que há outros ainda piores: quanto mais visitado, maior a chance de seu blog ser alvo de hackers, e a quantidade de spam com que você terá que lidar será ainda maior.

É a vida: mais sucesso, maiores responsabilidades; acostume-se ou nem comece.

Será Ofendido Pelos Puristas

Se você já tem um blog, não vende nada com ele e resolveu mudar isso, prepare-se para ser chamado de:

  • “capitalista safado”
  • “mercenário”
  • “aproveitador”
  • “vagabundo”
  • traidor do movimento internet sem anúncio, véi

…entre outras. Alguns visitantes, especialmente os que já estavam acostumados com o formato antigo, podem não aceitar sua mudança. Infelizmente tem gente que acha errado exibir propaganda, como se ao escolher ter blog você fosse obrigado a ficar eternamente trabalhando de graça – mesmo que você não cobre nada diretamente do visitante.

Resta a você decidir se vale a pena perder esses visitantes e conquistar outros, o que fatalmente acontecerá quando seu blog tiver uma estrutura mais profissional.

Será Enganado por Afiliados Fajutos

Ok, existem os que pagam direitinho e não te sacanearão com contagem de cliques válidos ou número de impressões, mas prepare-se para enfrentar os canalhas também: quando você tentar diversificar a fonte de seus ganhos, vai acabar levando um calote de algum sistema que prometia pagar bem.

Pra seu maior desespero, vai pesquisar na internet e descobrir que alguns colegas estão usando o mesmo sistema que você e ganhando numa boa. Então, já que vai ser enganado mesmo, talvez você prefira continuar com seu blog pessoal amador.

Afinal, 0 – 0 = 0. Ninguém vai roubar o que você não tem…

Terá Seu Conteúdo Copiado

Não tem erro: assim que seu blog estiver crescendo e você começar a publicar artigos melhores, algum blog iniciante vai surrupiar descaradamente seu trabalho. Quando não copiarem tudo através de ferramentas automáticas, vão mudar duas linhas e dizer que é original, sem lhe dar sequer um link de volta.

É verdade que isso é visto também com blogs menores – basta ter bom conteúdo pra ser roubado – mas como a tendência é sempre “olhar pra cima”, é mais provável que aconteça quando o projeto for mais “sério”. E sabe o que você poderá fazer a respeito?

Não muito… enviar uma reclamação formal ao órgão que cuida disso (e que podem levar muito tempo pra responder, e ainda dizer que faltam provas pra caracterizar como cópia, como já aconteceu comigo), ou xingar muito no seu próprio blog ou no Twitter; esse pode dar algum resultado.

Conclusão…

Se você não está está disposto a passar por tudo isso, não tem tempo, ou se seu blog é muito pessoal e direcionado a pequenos grupos (como amigos e pessoas próximas), eu recomendo que pense antes de partir para o sonho de viver dele. Não estou dizendo que tentar é inútil, mas você precisa conhecer seu limite. Você faz o tipo que consegue ficar horas no computador pesquisando e escrevendo para não ver nenhum comentário e ganhar só centavos (não é força de expressão) durante meses? Tem disciplina para deixar de lado os chats em redes sociais para produzir conteúdo?

Dentre os milhares de blogs que são iniciados todos os dias, uma pequena fração vai completar todos os passos para o sucesso, e isso não vai depender só de seguir as recomendações de quem já conseguiu: se você não gosta da rotina e não se adapta a ela, melhor tentar outra coisa. Sad but true, como diria o poeta.

Imagem do post: Ambrozjo / SXC

Author

Fundador do Tutoriart em 2010, é ex-instrutor de Photoshop, design web e gráfico. Em quase uma década de redação online, tem cerca de 1500 artigos publicados. Gerencia também o Memória BIT.

3 Comments

  1. O mais engraçado é que é verdade! Eu uso meu blog como estudo mesmo e me irrito com quem copia meus artigos, mas ao mesmo tempo eu fico feliz porque se eu estou sendo copiada é por estar no caminho certo =3

    Esse tipo de problema sempre teremos mas blogar é tão gostoso que vale a pena hahaha

    • Seu blog tem um botão de Creative Commons no rodapé; muita gente nem toma conhecimento se a licença é parcial ou não e usa isso como argumento pra copiar sem dó. Eu deixei o conteúdo do meu meu outro blog em Creative Commons por muito tempo, mas tirei pra desestimular o pessoal do Ctrl C + Ctrl V (não sei se resolve tanto, mas é um detalhe).

Write A Comment

Pin