Soluções

Denunciar Copiadores de Conteúdo Funciona, Denuncie Também!

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr
Anúncios Google

É natural que conforme você trabalhe firme e seu blog vá ganhando algum reconhecimento, copiadores de conteúdo comecem a sugar seu sangue – copiando seus artigos e repostando em outros blogs como se fossem deles.

Sem nenhuma consciência nem consideração pelo esforço alheio, eles copiam o seu post na íntegra, incluindo as imagens que estão em seu servidor (o que já caracteriza roubo, afinal estarão roubando transferência de dados de sua hospedagem) e publicam nos próprios “blogs”, com o nome deles no final, como autor. Alguns são tão sem noção que esquecem de tirar os links internos, que continuam apontando para outras página do seu blog.

Embora tenha quem ache legal e não dê importância (“oba, tô famosão, até me copiam”), ter clones do seu conteúdo por aí definitivamente não é uma boa, e o Google acaba por punir quase sempre o copiador, mas se algo der errado, pode sobrar para o autor verdadeiro.

Não é raro ver casos em que o post copiado aparece na frente do original nos resultados da pesquisa, ou em que as visitas do blog caem subitamente porque o motor do Google confundiu copiador e copiado.

O que fazer contra o copiador?

Não vou abordar aqui o velho “jogo de cintura” que consiste em entrar em contato com o copiador e solicitar amavelmente que pare com aquilo e tire as cópias do ar. Primeiro porque é uma prática comum, e a que vem logo em mente quando vemos nosso trabalho reproduzido sem autorização. Segundo:  nem sempre resolve, pois muitos copiaram de propósito e plenamente cientes do ato. Terceiro, porque ao tomar uma medida mais drástica você ajuda a eliminar um blog copiador, ajudando por tabela todos os outros prejudicados.

Se acha que o copiador não agiu de má-fé, tente a diplomacia. Talvez você mesmo tenha sido muito superficial ou dado margem a múltiplas interpretações ao declarar o que podia ser usado ou não de sua obra; já aconteceu comigo ser acusado de uso ilegal em outro blog, embora na minha visão eu estivesse seguindo os termos do autor.

Se notar que o cara copiou vários artigos e faz isso de forma recorrente, eu recomendo que você aja com mais dureza, sem negociar. O Google tem uma ferramenta chamada Remoção por violação de direito autorais, que você pode acessar com sua conta do Google. Quando encontrar uma página por aí que visivelmente copia alguma publicação sua, seja com imagens originais e texto, use-a e o infrator terá a página removida das pesquisas em até 24 horas após a comprovação da cópia.

Como Denunciar

Acesse a página indicada no link anterior e crie uma nova denúncia, gerando o formulário.

Formulário de remoção por violação de direitos autorais do Google

Preencha todos os dados. No campo “Identifique e descreva o trabalho protegido por direitos autorais“, seja bem específico. Por exemplo, se o infrator copiou todo o post, você pode colocar algo como “Todo o conteúdo da página ‘tal’, de minha autoria, incluindo texto e imagens“; se copiou só uma parte, como o texto ou fotos sob seu direito autoral, informe “Todo o texto da página ‘tal’, de minha autoria” ou “Fotos de minha autoria retiradas da página ‘tal’“. Tente ser o mais claro e objetivo possível. Nada de ofensas ao copiador, ameaças, etc.

Você também pode denunciar diversas páginas de uma vez, é só explicar bem o que foi copiado.

Nesse campo, descreva cuidadosamente o que foi copiado
Nesse campo, descreva cuidadosamente o que foi copiado

No campo “Onde podemos ver um exemplo autorizado do trabalho?“, informe o url (ou vários) que contenham os artigos originais do seu blog, ou seja, de onde os copiadores roubaram. Só os endereços, nada mais, um por linha.

Nesse campo, digite ou cole os urls das páginas originais do seu blog ou site, que foram copiadas
Nesse campo, digite ou cole os urls das páginas originais do seu blog ou site, que foram copiadas

Em “Local do material infrator:“, apenas os urls das páginas que tenham copiado a sua, ou contenham partes copiadas do seu blog sem autorização.

Nesse campo, digite ou cole os urls de páginas que copiaram seu conteúdo
Nesse campo, digite ou cole os urls de páginas que copiaram seu conteúdo

Complete o formulário e envie. A equipe do Google fará a verificação e se for mesmo constatado o uso indevido de seu conteúdo, logo você deverá receber um e-mail como esse:

E-mail com confirmação da exclusão de página plagiadora das pesquisas
E-mail com confirmação da exclusão de página plagiadora das pesquisas

A página indicada já era, não aparecerá mais na pesquisa do Google, apesar de continuar online e em resultados de outros buscadores. Isso pra mim já basta. Não costuma demorar nada: geralmente leva no máximo dois dias para confirmar a violação, e mais um para o artigo infrator ser eliminado das pesquisas.

Se o caso for mais grave você pode apelar para outros recursos, sendo o mais indicado entrar em contato com a hospedagem do copiador. A maior parte das empresas tem baixa tolerância com quem viola direito autoral e se você avisar que um usuário está fazendo isso e ameaçar um processo, eles resolvem (se for uma empresa séria) pra você. Nesse caso, até o blog inteiro pode ser eliminado, coisa que o Google já faz para usuários do Blogger.

Como descobrir a hospedagem do copiador?

Sites que fazem whois são uma mão na roda! Veja um exemplo usando o próprio Blog Aprendiz:

Digite o url do blog ou site que copia seus artigos e proceda na busca. Serão mostradas informações de domínio.

Informações do whois sobre domínio

Lá no canto, clique em IP Adress para ver mais informações.

Informações adicionais sobre o IP, clique em IP Adress

É só procurar o nome do serviço de hospedagem, estará por ali, como visto abaixo no meu caso (que uso a hospedagem da ONZEhost).

Nome do serviço de hospedagem. Só procurar o site da empresa e denunciar o plagiador
Nome do serviço de hospedagem. Só procurar o site da empresa e denunciar o plagiador.

Assim, se você quiser denunciar o copiador, é só procurar o site da empresa e mandar um e-mail.

Mas calma e respire antes…

Não vá se empolgar e sair denunciando a torto e a direito. Não esqueça que há um limite tolerável de uso de material alheio, principalmente relacionado ao chamado “uso legal”, quando se copia um ou dois parágrafos e indica-se a autoria, com link para o original e os devidos créditos. Isso pode até ser bom pra você e sua marca. Tenha bom senso, afinal você mesmo pode precisar citar o trabalho alheio algum dia – se é que já não precisou.

Use a ferramenta do Google para denunciar blogs baseados em cópia, aqueles que são inteiramente formados ou com grande concentração de plágio. Se os lesados se juntarem e agirem, cada vez veremos menos sites assim.

Não esqueça também do aviso lá no formulário: falsa acusação é crime, então tenha certeza de que o material é mesmo copiado e que você tem os direitos legais sobre ele antes de acusar. Caso contrário, o problema pode virar pra cima de você.

Bom senso acima de tudo!

Fundador do Tutoriart em 2010, é ex-instrutor de Photoshop, design web e gráfico. Em quase uma década de redação online, tem cerca de 1500 artigos publicados. Gerencia também o Memória BIT.

Deixe um Comentário

Pin