Dicas

Curso básico de Photoshop [parte V] – básico sobre camadas

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr
Anúncios Google

Desde que foram introduzidas no Photoshop, na versão 3.0, as camadas (layers) revolucionaram o modo de editar imagens digitalmente. A flexibilidade sem precedentes levou os usuários a uma experiência similar à arte tradicional, como nas mesas de animação, onde a sobreposição de folhas de acetato permitia editar partes específicas da composição, mantendo-as separadas.

Apesar de parecer complicado ao primeiro contato, usar as camadas é fácil e quem estiver acostumado com comandos simples como clicar e arrastar, vai dominar rápido – dominá-las é o passo fundamental no aprendizado não só do Photoshop, já que quase todos os outros editores de imagem e vídeo têm sistemas muito similares.

Se está começando agora, leia os capítulos anteriores do nosso curso:

Para entender melhor, imagine que na imagem abaixo cada elemento foi colocado pelo autor em uma camada: fundo, outra com o céu e mar, outra com a garota, e uma última com a ave.

Imagem composta no Photoshop, divida em camadas

A pilha de camadasa seria como esta (as partes translúcidas abaixo seriam, na verdade, totalmente transparentes na composição acima).

Pilha de camadas formando a imagem no Photoshop
Fundo ou background é a camada toda branca; a camada 2 é a do céu e mar; camada 3 com a menina, e a camada 4 com a ave.

A janela de camadas (ou layers na versão em inglês) fica na paleta com o mesmo nome, no lado direito da tela. Se não estiver visível, abra-a no menu Janela > Camadas (Window > Layers), ou use o atalho pressionando F7.

Vamos ver o que há em cada parte da janela.

Partes da janela de Camadas (Layers) do Photoshop CS6

Nota: a janela mostrada é da versão CS6. Outras versões podem apresentar ligeiras diferenças.

1. Filtragem de camadas – quando seu documento tiver múltiplas camadas, pode ser complicado localizar uma em meio àquela confusão. Com essa caixa você filtra camadas por nome, efeitos aplicados, modo de mesclagem, atributo (uma grande variedade de escolhas) e cor. As demais terão as miniaturas desabilitadas.

2. Filtrar camadas de pixels – o botão filtra apenas as camadas com pixels. Assim, camadas de texto e vetor não são exibidas.

3. Filtrar camadas de histograma – o histograma é um dos ajustes que pode ser aplicado sobre camadas, gerando uma camada também. Com este botão, só camadas com histogramas são exibidas.

4. Filtrar camadas de texto – todo texto criado com a ferramenta Texto gera uma camada própria. Use esta opção para exibir só elas na lista.

5. Filtrar camadas por formas vetoriais – exibirá apenas camadas que contenham formas vetoriais (vector shapes).

6. Filtrar camadas por objetos inteligentes – os smart objects são como grupos de objetos vetoriais ou em bitmap, que comportam-se como uma única imagem. Esse botão filtra só essas camadas.

7. Menu de opções da janela de camadas.

8. Botão liga/desliga da filtragem de camadas.

9. Modos de mesclagem – muda o modo como os pixels da camada selecionada se mescla com a inferior. Mais sobre em Como usar os modos de mesclagem (bending modes) do Photoshop.

10. Opacidade – regulagem de quanto os pixels da camada serão visíveis.

11. Bloquear pixels transparentes – ative para que as partes transparentes da camada fiquem bloqueadas para edição.

12. Bloquear pixels – ao contrário, esse protege as áreas preenchidas da camada contra edição (só as transparentes serão editáveis).

13. Bloquear posição – impede que os pixels da camada sejam movidos.

14. Bloquear tudo – aplica todos os bloqueios (posição e pixels) sobre a camada.

15. Preenchimento – regulagem de quanto os pixels da imagem serão preenchidos. A  diferença para a Opacidade é que objetos ligados à camada (como camadas de ajuste) não são afetados.

16. Lista de camadas – com uma miniatura e o nome. Para editar o nome, basta dar um duplo-clique sobre ele. Duplo-clique sobre a miniatura abre as opção de Estilos de Camada. Note o ícone do olho: ele define se a camada estará visível ou não. Para desligar a visibilidade, clique sobre o olho (clique de novo sobre o olho fechado para reativar a visibilidade).

17. Já no rodapé da janela, o ícone de Vincular Camadas, que só fica ativo quando duas ou mais camadas estiverem ativas. Camadas vinculadas serão movidas sempre junto.

18. Adicionar estilo de camada – os estilos modificam o conteúdo da camada de várias formas, com efeitos como brilho, sombra e chanfro.

19 Adicionar máscara de camada – quando uma máscara for aplicada sobre a camada, você poderá pintar com preto sobre ela para esconder o conteúdo da camada, e com branco para revelar.

20. Criar nova camada de ajuste ou preenchimento – aplica numa nova camada um dos 20 tipos de ajuste de imagem, como Brilho e Níveis, ou preenchimentos como padrão, cor e degradê.

21. Criar novo grupo – cria uma pasta onde você pode agrupar camadas (basta clicar e arrastá-las para cima do grupo).

22. Nova camada – surgirá logo acima da camada ativa. Se você arrastar uma camada existente para cima deste botão, ela será duplicada.

23. Lixeira – com uma ou mais camadas ativas, clique sobre o ícone para exclui-las, ou arraste as camadas para cima da Lixeira e solte.

Criar e mover camadas

Como disse, as camadas servem para isolar elementos da composição. Veja o exemplo: criamos um arquivo novo pelo menu Arquivo > Novo.

Será criada automaticamente uma camada base, com o nome Background (fundo). Camadas de fundo são bloqueadas, e o único jeito de modificá-la é dar um duplo-clique sobre a miniatura e convertê-la em camada comum.

Camada Background do Photoshop

Convertendo a camada Background em camada comum

Nota: isso não é obrigatório. Se precisar ou preferir, deixe a camada Background como está.

Vamos criar agora uma nova camada. Basta clicar uma vez no botão indicado (New Layer). A nova camada será automaticamente a ativa (veja que ela ficará destacada em azul na lista de miniaturas).

Qualquer alteração feita no documento agora afetará aquela camada, mas como as camadas são transparentes, você continua vendo o que está embaixo e não for preenchido.

Nova camada criada

Para testar, vamos pintar alguma coisa na camada vazia. Na barra de ferramentas à esquerda da tela, selecione a Brush Tool (Ferramenta Pincel). Rabisque alguma cor sobre o papel, aleatoriamente. Se o pincel estiver muito pequeno ou grande, use as teclas de colchetes [ e ] para diminuir ou aumentar seu raio.

Pinte aleatoriamente no papel

Mude a cor, clicando na caixa no canto inferior esquerdo e escolhendo outra (a caixinha mais acima é a cor de primeiro plano, a outra é a cor de fundo). Crie uma nova camada (clique de novo no botão Nova Camada).

Selecione outra cor e crie uma nova camada

Com o pincel, pinte mais no papel – agora você estará editando a nova camada, não mais aquela que pintou de vermelho. Pinte “por cima” da cor anterior e em outras partes também.

Pinte na camada de cima. As cores não se misturam, pois estão em diferentes níveis

Em um documento do Photoshop dá pra criar inúmeras camadas (até ao Photoshop CS5, o limite era 8 mil camadas). Vamos deixar assim por enquanto: estamos com três, sendo uma de fundo branco, uma com pintura vermelha e outra verde.

Pela ordem de criação, a cor vermelha ficou por baixo da verde. Mas como foram pintadas em camadas isoladas, você pode facilmente mudar isso: clique e arraste a camada na lista, posicionando-a acima da verde.

No caso, a camada Layer 1 vai ficar por cima da Layer 2. Você pode arrastar a Layer 2 para baixo ou a Layer 1 para cima.

Arraste a Layer 2 para baixo da Layer 1

A camada mudou de lugar na lista, e seu conteúdo no papel também muda

Pronto, a camada vai com todo seu conteúdo para cima da outra, sem misturar nada. Por isso é sempre bom trabalhar com várias camadas durante uma composição ou pintura digital: mantendo os detalhes separados, é fácil fazer correções mais tarde, mesmo depois de tudo pronto.

Exercício: alinhar, duplicar, mesclar

O que será praticado aqui:

  • Seleções (Marquee Tool) – criação, exclusão;
  • Preenchimento (Balde de Tinta);
  • Edição de camadas

Algumas coisas básicas que podem ser feitas com as camadas. Usos avançados você vai descobrir conforme for praticando com tutoriais. Criaremos três objetos em camadas separadas.

Crie um novo documento (Arquivo > Novo) com a resolução padrão do Photoshop, e fundo transparente – aquela camada Background não será branca, como vimos antes.

novo documento do photoshop

Nas ferramentas, selecione a Rectangular Marquee (Letreiro Retangular). Se não estiver visível, clique e segure sobre o segundo botão da lista.

Ferramenta Letreiro Horizontal

Segure a tecla Shift  e arraste o mouse pela tela; ao soltar, você terá uma área selecionada, num retângulo perfeito. Mantenha o Shift até o momento de soltar o clique do mouse.

Área selecionada com a Rectangular Marquee

Vamos preencher a área com uma cor. Como fez antes, clique na caixa de cor no canto inferior direito da tela, selecionando um tom de azul para a caixinha da frente (cor de primeiro plano).

Selecione então a ferramenta Paint Bucket (Balde de Tinta).

Ferramenta Balde de Tinta

Com ela, clique uma vez sobre a área selecionada, e será preenchida com a cor.

Área preenchida de cor com a ferramenta Balde de Tinta

Exclua a seleção com o atalho Ctrl + D, ou use o menu Selecionar > Remover Seleção. Você tem um belo quadrado, parabéns!

Queremos mais dois quadrados! Para criar o segundo similar ao primeiro, carregaremos uma seleção em torno dele, usando as miniaturas da camada. É fácil: segure Ctrl, posicione o mouse sobre a miniatura e veja que o cursor vai mudar. Então (ainda segurando Ctrl), clique.

Ctrl + clique para criar uma seleção em torno do conteúdo da camada

Crie então uma nova camada, mude a cor do primeiro plano (vimos isso agora a pouco) e preencha a área em amarelo.

Preencha na nova camada, agora com amarelo

Repita o procedimento para criar outra camada, agora com um quadrado vermelho. Exclua a seleção. Teremos três camadas, um quadrado em cada.

Para mover os quadrados pelo papel, selecione a ferramenta Mover (atalho: pressione a tecla V). Então ative a camada desejada e clique sobre o papel, arrastando o objeto.

Mova os objetos com a ferramenta Mover

Você pode ativar uma camada segurando Ctrl e clicando sobre o objeto no papel. Isso é muito útil quando temos centenas de camadas num documento.

Segurando a tecla Shift ao arrastar o objeto, você o arrasta precisamente na horizontal, vertical ou diagonal.

Segurando Alt ao arrastar, será criada uma cópia da camada, assim você movimentará uma cópia do objeto, mantendo o original no lugar.

Alinhar / distribuir objetos

Ative as três camadas (segure Ctrl e vá clicando nas miniaturas).

Ative as camadas com objetos que serão alinhados ou distribuídos

Com a ferramenta Mover ativa, veja que a barra superior vai exibir botões de alinhamento e distribuição para a camada.

Opções de alinhamento da camada

Clicando em cada um você consegue um diferente alinhamento ou distribuição dos objetos. Os alinhamentos por borda (laterais ou superiores) empurram os objetos até que suas bordas toquem a mesma linha extrema. O “alinhar pelos centros” centraliza os objetos pelo eixo vertical ou horizontal. Faça os teste com seus quadrados para entender melhor.

As opções de distribuição horizontal ou vertical tomam os objetos mais afastados como base, e ajustam a distância entre todos, incluindo os que estiverem entre eles.

Consulte também o tópico Conceitos básicos sobre camadas no site da Adobe.

 

No próximo capítulo veremos mais sobre camadas, com os estilos de camada e camadas de ajustes e preenchimento. Qualquer dúvida sobre camadas, comente.

Imagens: Debbie Waum, Christa Richert e dreamtwist.

Anúncios Google

Fundador do Tutoriart em 2010, é ex-instrutor de Photoshop, design web e gráfico. Em quase uma década de redação online, tem cerca de 1500 artigos publicados. Gerencia também o Memória BIT.

1 Comment

Write A Comment

Pin