Como usar o FeedBurner para alcançar mais leitores

Use o serviço do Google para distribuir conteúdo facilmente aos leitores de seu site ou blog.
7
2124

Atualização 2017: esse artigo é antigo, e o Feedburner perdeu um tanto de sua relevância. Houve até suposições de que o Google o encerraria, mas até o momento ele segue, sem partes como a API e a integração com o AdSense. De qualquer forma, continua sendo uma opção gratuita de gerenciamento e distribuição de feeds.

O Feedburner é um popular serviço de gerenciamento de feeds, controlado desde 2007 pela gigante Google.

O que é um feed? Sem entrar muito em detalhes técnicos, é um formato de dados para distribuição atualizada. Criando um feed, você oferece seu conteúdo aos assinantes através de um leitor de feeds ou por e-mail. Ele receberá notificações sempre que houver uma nova publicação.

Qualquer blog ou site com estrutura adequada deve oferecer feeds aos leitores como forma de fidelizar a audiência. Há quem reclame da falta de engajamento de tais leitores — eles terão acesso ao conteúdo sem sequer visitar seu site. Mas no fim das contas, são importantes como pontos de uma rede de divulgação do que você faz.

Lançado em 2004, o Feedburner ganhou muito destaque e foi comprado pelo Google por um valor estimado em US$100 milhões. Após a compra, recursos até então pagos passaram a ser gratuitos, como ferramentas completas de análise de dados e personalização.

Veja como cadastrar seu feed e assim alcançar mais leitores.

Cadastro no FeedBurner

Para começar você precisa apenas ter um conta no Google. Acesse o endereço do Feedburner e faça login em sua conta, se já não tiver feito.

Dica: se tudo estiver em inglês, clique no link Languages, no canto superior direito da tela e escolha a opção Português; isso não vai traduzir todas as partes, você deverá notar algumas bizarrices na tradução, mas é melhor do que nada...

Página inicial do FeedBurner

Agora você precisa do endereço do feed de seu blog. No WordPress, o padrão para o feed de postagens é http://endereçodoseublog/feed. Copie ou digite o endereço na caixa "Queime um feed agora mesmo". Clique em Próximo.

Nota: você pode queimar (criar) quantos feeds quiser, por exemplo, criando um com postagens completas e outro com resumos, feed dos comentários do blog, etc. Basta ter o endereço de cada feed.

Endereço do feed que será queimado no feedburner

Insira em Feed Title o título que você quer que apareça para seus leitores; em Feed Adress, insira apenas a extensão do endereço. Se tiver um monte de coisas escritas, delete tudo e deixe apenas uma extensão simples, fácil de memorizar e que tenha a ver com seu blog.

Veja em meu feed de exemplo.

Título e endereço do seu novo feed FeedBurner

Com isso eu teria um feed chamado "Blog Aprendiz Feed", com o endereço feeds.feedburner.com/blog-aprendiz.

Google dirá: "Congratulações! Seu feed FeedBurner está pronto. Quer complementá-lo um pouco?" Você é avisado também de que alguns serviços básicos já estão configurados por padrão, como o Browser Friendly, que melhora a compatibilidade de seu feed na maioria dos navegadores, e o FeedBurner Stats, que oferece dados de tráfego básicos.

Nesse ponto seu feed já existe, mas ainda são indispensáveis configurações para torná-lo mais interessante, então clique em Próximo e siga à etapa 2.

FeedBurner pronto, restam as configurações

Nas opções de track (rastreamento), você pode ativar o Clickthroughs, que fará a contagem de quantos cliques em direção ao seu blog o feed receberá.

Em "I want more", estão mais opções de rastreamento, como a popularidade de itens individuais, e Reach, que mostra em um gráfico o alcance de seu feed, ou seja, quantas pessoas viram ou clicaram em links do seu feed.

Incrementando as opções de rastreamento do FeedBurner

O feed está pronto, então vamos passar para as configurações adicionais.

Feed pronto, use as guias para navegar entre as páginas de ajustes e personalização

Configurando seu feed

Todas as opções de configuração de seu feed estão separadas por guias: Analizar, Otimizar, Publicar, Monetizar e Troubleshootize. Vamos passar pelas mais úteis no momento.

Analizar

Onde você encontra inúmeros dados sobre alcance e assinantes de seu feed. Como você acabou de aderir ao serviço, não verá nada aqui por enquanto, mas no futuro esse será o local das informações que você poderá usar para analisar o desempenho do feed.

Optimizar

Na lista de serviços há muitas opções:

* O Browser Friendly, como avisado assim que você completou o cadastro, já está ativo. O Smart Feed torna seu feed compatível com qualquer leitor, então ative-o.

* O Feed Flare coloca links sociais na barra de cada item do seu feed, ajudando os leitores a redistribuir seu conteúdo facilmente. Por padrão, o Email This já estará ativo; você pode escolher quais outros links quer que apareçam. Não recomendo ativar todos para não poluir muito, prefira os serviços mais comuns com Twitter e Facebook.

Note, porém, que o Twitter não é oferecido entre as opções. Você terá que ativar o FeedFlare para esse serviço. Na mesma página, um pouco mais abaixo, procure pelo link de Browse the Catalog (Navegar pelo Catálogo).

Browse the Catalog para procurar outras opções de FeedFlare

Será aberta uma lista com vários FeedFlares, e logo em destaque estará o Tweet This! Clique com o botão direito sobre este link e copie o endereço, então volte a tela do FeedFlare, cole o endereço na caixa Add New Flare. A opção de Tweet This vai ficar disponível, ative-a.

Copie o link do Tweet This no catálogo do FeedFlare
Copie o link do Tweet This no catálogo do FeedFlare
Add New Flare - Tweet This e confirme
Add New Flare - Tweet This e confirme

Não esqueça de clicar em Ativar, no fim da página, depois de marcar os links que deseja em seu feed.

Ativar o FeedFlare

* Link Splicer vai colocar em seu feed links que você tenha como preferidos em serviços como Digg e Delicious. Como não são muito populares por aqui, nunca usei esta opção.

* Photo Splicer age de forma similar, mas conectando uma conta de banco de imagens, como o Flickr, e mostrando imagens de lá em seu feed, junto com as atualizações de postagens.

* Feed Image Burner permite que seja adicionado um pequeno banner ao seu feed. Você pode usar o padrão oferecido, ou fornecer o url de um personalizado.

* Title/Description Burner - se você não gosta do nome que deu ao seu feed e quer mudar, use esta opção. Pode mudar aqui também a descrição do feed.

Publicar

Nessa guia estão importantes opções para divulgar seu feed. Vamos às mais importantes:

* Headline animator permite a criação de vários formatos de gif animado que mostram a popularidade de seu feed. É simples de modificar cores, tamanho de fontes e tamanhos.

Headliner Animator do FeedBurner

* Email Subscription: uma das opções mais importantes (ou a mais) na divulgação de seu feed. Com ela, você terá o código para criar um formulário oferecendo aos visitantes uma rápida e simplificada assinatura para receber notificações de suas postagens por e-mail.

Comece ativando o serviço (clicando em Ativar, claro).

Email subscription do FeedBurner

Com a página recarregada, você poderá personalizar seu formulário e obter o código. Mude o Language para Português. Para inserir o formulário em seu site, copie todo o código da caixa de texto que começa com <form..., e cole, por exemplo, em um widget na barra lateral do seu blog, ou dentro de uma página.

Mude o texto para o português, editando o código do formulário. Você também pode oferecer cadastro de e-mails através de um link, com o código exibido mais abaixo, na opção Código de Link de Cadastro, ficando assim (também já editado para o português):

Assine o feed do Tutoriart

* Em gerenciamento de cadastros, você pode marcar a opção para ser notificado sempre que alguém cancelar a assinatura. Isto ajuda a saber se seu conteúdo está desagradando aos leitores.

* Communication Preferences: em Preferências de Comunicação, você pode mudar a aparência do e-mail de confirmação de cadastro (que será enviado a quem assinar o feed). Como algumas coisas estarão em inglês, é recomendável alterar o Assunto do e-mail de confirmação para algo como "Ative sua assinatura", e o Corpo do e-mail de confirmação para algo similar a isso:

Olá,

Você solicitou recentemente a assinatura do feed do [nome do seu site]. Para que possamos começar a enviar atualizações para seu e-mail, clique no link abaixo para confirmar a assinatura:

${confirmlink}

(Se o link acima não parecer clicável ou não abrir uma nova janela de seu navegador, copie o endereço e cole na barra de endereços de seu navegador).

Preferências de comunicação

* Email branding: onde dá pra alterar a aparência geral do e-mail que seu assinante vai receber. Cores e tipo de fonte, fonte do cabeçalho, título, cores de link, etc. Conforme edita, as alterações vão aparecendo no preview. É possível colocar também uma imagem personalizada como logo, seguindo as recomendações de tamanho (200 x 200 pixels ou menor, armazenada em servidor aberto como Picasa, por exemplo).

* Delivery Options: ajuste o fuso horário, e agende o horário em que o FeedBurner vai enviar as atualizações aos leitores.

* Ping Shoot: notifica serviços de atualização quando você tiver um novo item em seu feed. Ative-o.

* Feed Count: bastante popular entre blogs de vários portes, mostra um botão, animado ou estático, com a contagem de leitores de seu feed, similar ao visto abaixo. Você pode personalizar suas cores de fundo e texto. Ative, copie o código exibido e insira-o onde quiser em seu blog.

Feed Count

Socialize

Integra seu feed com o Twitter. Qualquer novo item no feed é automaticamente postado lá. Cuidado para não usar isso combinado com outros integradores, ou terá uma repetição de postagens no Twitter.

Comece clicando em Add a Twitter account, fazendo a integração de sua conta com o Feedburner.

Entre com seu login e senha do Twitter, clicando em Autorizar
Entre com seu login e senha do Twitter, clicando em Autorizar

Com a conta autorizada, configure em:

  • Post content: exibir no Twitter apenas o título do post, título e parte do conteúdo ou só parte do conteúdo.
  • Hash Tags: não adicionar hash tags, ou adicionar hash tags a partir da categoria do post.
  • Additional text: texto adicional no início ou fim do tweet.

Recomendo que não mude mais nada aqui. Visualize no final da página e clique em Ativar.

Visualize como ficarão os tweets e clique em Ativar

* Awareness API: quando quiser exibir dados sobre seu feed fora do FeedBurner (como através de plugins e aplicações), será preciso ativar o Awareness API. Plugins como o Subscribers Text Counter (que mostram número de seguidores) requerem esta ativação.

Atualização 28/08/13: o API do Feedburner foi descontinuado, logo não dá mais pra exibir contadores de assinantes a não ser com os gifs animados mostrados antes.

Monetizar

Atualização: o AdSense também foi descontinuado dentro do FeedBurner.

A guia tem opções para usar o Google AdSense em seu feed. Para isso você já deve ter aderido ao AdSense e sido aprovado, então basta clicar em sign in to AdSense, e fazer as alterações necessárias lá.

FeedBurner FeedSmith

Plugin essencial pra quem usa o FeedBurner, pois redireciona todos os acessos diretos ao seu feed para o endereço do FeedBurner, dando-lhe total controle sobre os dados de acesso. Instale-o assim: na sua página de plugins, clique em "Adicionar novo", digite feedburner feedsmith, selecione o plugin e instale-o. Não esqueça de ativar.

👍

Essas são as configurações mais comuns para seu FeedBurner, e com elas seus leitores poderão assinar suas atualizações por email e seguir suas publicações, enquanto você ganha um público fidelizado. Para checar seu novo feed, visite o endereço feeds.feedburner.com/nomedoseufeed

Aproveitando o assunto FEEDS, aproveite para assinar os nossos:

- Publicidade -

Receba atualizações do Tutoriart

É grátis, e você pode escolher entre receber só sugestões sobre arte, design gráfico, Photoshop, etc, ou só sobre WordPress, blogging, design web, snippets, etc. Ou tudo, se preferir!

Quero assinar...
Ao assinar, você concorda com os Termos de Privacidade.

7 COMENTÁRIOS

  1. Olá! estou tomando uma surra com esse feedburner. se puder me ajudar, fico muito grato! 1- o site do feedburner não reconhece meu endereço que seria http://www.multiacademy.com.br/feed ou /rss tentei os dois mais não aceitou nenhum.
    2- no painel tentei instalar o feedburner feedsmith mas o wp nao acha este plugin. sao várias opções menos essa! se eu digitar esse nome todo ele diz que não foi encontrado! obrigado!

  2. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk eu achei que era pra se cadastra e eso pra olha

    • Lá na tela "Queime um feed agora mesmo", é só colocar o endereço do seu blog no Tumblr que ele pega o feed, não tem erro.

      Para o Facebook, você precisa só copiar o endereço do feed e usar na caixa "Queime um feed...". Bem fácil.

      • Olá
        Agradeço a atenção
        Mas a questão é : como colocar entre as opções do feedflare (dentro do feed) a de "publicar no Tumblr"?
        ( para o face já vi que tem a opção no próprio feed flare)
        outra questão:
        No feedflare "email the author" como fazer que apareça meu proprio e-mail? (aparece por padrão "[email protected]")

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui