Dicas

Como editar pincéis do Photoshop (painel Brush Dynamics)

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr
Anúncios Google

Como visto em vários artigos, os ajustes dos pincéis básicos do Photoshop são necessários ao buscar um novo tamanho, largura, efeitos de fading, inclinação, entre outros. Mas nem todo mundo (especialmente os novatos) sabe onde e como fazer estes ajustes.

O painel de Brush Dynamics (Dinâmicas do Pincel) é o lugar em que você pode fazer todas estas alterações, criando pincéis novos de acordo com a demanda de seu trabalho. Você também pode editar pincéis já existentes, salvando-os ou eliminando após o uso. Veremos cada opção do Brush Dynamics, para ajudar quem tem pouca experiência no Photoshop a alterar seus primeiros pincéis.

Para acessar o Brush Dynamics, você deve estar com a ferramenta Brush (Pincel) ativa (atalho: B). Então pressione a tecla F5. No Photoshop CS5, ela pode ser encontrada na lista de ferramentas à direita da tela, com o nome Brush.

Painel de Brush Dynamics

Neste painel estão todas as opções disponíveis para edição de pincéis, ou links para outras paletas. Vamos começar a examinar cada item:

Brush Tip Shape (forma da ponta do pincel)

Aqui você pode fazer vários ajustes no formato da ponta do pincel. Quem já trabalhou com pincéis de verdade sabe que, de acordo com seu formato, corte e tipo de cerda, a pintura resulta diferente. Muitos dos ajustes possíveis para emular esses efeitos são feitos aqui.

Na janela à direita, você pode escolher entre os pincéis do grupo que estiver carregado naquele momento. Em Size, você pode usar o controle deslizante, ou inserir o valor para o tamanho do seu pincel.

Nas caixas Flip X e Flip Y, pode-se aplicar flip (virar) horizontal ou vertical no pincel. Isso é melhor visto quando o pincel tem um formato irregular. Veja o exemplo com o pincel 60:

Exemplos de flip

Angle e Roundness: para determinar o quanto arredondado deve ser o traço do pincel, e o ângulo da pintura. As duas opções podem ser ajustadas ao mesmo tempo, clicando e arrastando na caixa com a forma do pincel. Clicar e arrastar na seta indica o ângulo, e sobre o ponto preto no eixo modifica a largura do pincel.

Ajustes de Angle e Roundness

Resultado com alteração no Angle e Roundness no pincel redondo (Hard Round 30).

Exemplo de pincel após ajustes de Angle e Roundness

Hardeness: altera a dureza do pincel. Reduzindo, ele se tornará mais “esfumaçado”.

Spacing: por padrão, ativo em 1%. Se aumentado, o espaço entre cada pincelada fica maior. Permite criar efeitos interessantes de pincelada múltipla. Veja o exemplo, ainda com o pincel Hard Round 30. Note que cada traço foi feito com uma pincelada única (clique e arraste o mouse, num clique só).

Exemplos de Spacing em um pincel do Photoshop

O uso combinado destes ajustes todos pode levar à criação de pincéis variadíssimos, com outras opções que veremos a seguir.

Shape Dynamics (dinâmicas de forma)

Onde são feitos ajustes na variação de forma do pincel. Muitos podem ser ajustados pela pressão da caneta sobre uma mesa digitalizadora, na opção Control, mas mesmo quem não tem uma pode usar ajustes com valores pré-definidos.

Size Jitter (Tremulação da Forma): o tamanho do pincel muda conforme o mouse é arrastado (ou caneta é pressionada na mesa). Quanto maior o valor, mais extremas as variações máxima e mínima.

Exemplos de Size Jitter no Photoshop

As opções da caixa Control tem vários ajustes, e funcionam assim:

Off – controle do efeito desligado. O ajuste é aplicado como foi regulado. Por exemplo, no caso acima, se a opção Control estiver em Off, o Size Jitter será 100% sempre, sem variação.

Fade – a pintura é cortada após um intervalo. Quanto menor o Fade, menor será o intervalo. Este valor pode ser inserido na caixa ao lado do Control.

Pen Pressure – o ajuste é controlado pela força aplicada com a caneta sobre a mesa digitalizadora. O ponto de exclamação indica que este controle só funciona se você tiver uma mesa digitalizadora.

Pen Tilt – o ajuste é controlado pela inclinação da caneta sobre a mesa digitalizadora. O ponto de exclamação indica que este controle só funciona se você tiver uma mesa digitalizadora.

Stylus Wheel – o ajuste é controlado pela rotação da thumbwheel, uma roda disponível em alguns modelos de mesa digitalizadora, na caneta. O ponto de exclamação indica que este controle só funciona se você tiver uma mesa digitalizadora.

Minimum diameter – especifica o diâmetro mínimo da variação do Jitter.

Tilt Scale – ajusta a tremulação de acordo com a inclinação da ponta da caneta sobre a mesa. Só estará ativa se você tiver uma mesa digitalizadora com esse recurso conectada ao computador.

Angle Jitter (tremulação do ângulo)

Ajusta a tremulação (aleatória) no ângulo da pintura. Quanto maior, mais variado o ângulo.

Exemplos de Angle Jitter no Photoshop

O Angle Jitter também tem as opções de Control vistas no caso anterior, somadas a:

Rotation – controla a rotação da tremulação, também exclusivo de alguns modelos de mesa digitalizadora.

Initial Direction – ajusta a tremulação de acordo com a posição do ponto inicial. A cada nova pincelada, o ponto inicial determina a direção que a tremulação toma. Sem este ajuste, a tremulação é aleatória.

Direction – ajusta a tremulação de acordo com a direção em que o mouse é arrastado (direção do traço). Sem este ajuste, a tremulação é aleatória.

Roundness Jitter (tremulação de opacidade)

Varia a espessura (redondez) ao longo do traçado. Veja o exemplo:

Exemplos de Roundness Jitter no Photoshop

As opções de Control são as mesmas vistas nos casos anteriores, mais:

Minimum Roundness – determina o tamanho mínimo de pincel usado na tremulação (qual será o pincel mínimo usado na variação).

As opções de Flip são as mesmas vistas antes (viram o pincel no eixo horizontal ou vertical, ou ambos).

Scattering (dispersão)

Controles para espalhar o desenho do pincel. Com os ajustes:

Scatter – dispersa o traço. Se marcada a opção Both Axes, a dispersão ocorre tanto horizontal quanto verticalmente. Veja o exemplo:

Exemplos de uso do Scatter no pincel do Photoshop

Count – aumenta ou diminui o número de pinceladas ao longo do traço. Quanto maior, mais vezes o pincel é repetido ao longo do traço.

Count Jitter – torna aleatório o ponto de repetição das pinceladas determinado no Count.

Control – funcionam como visto nos casos anteriores.

Texture

Aplica textura no uso do pincel. Tem vários tipos de ajuste. Na caixa superior, você pode selecionar entre as texturas do programa qual quer adicionar ao pincel. A opção Invert permite inverter as cores da textura.

Scale – o tamanho da textura aplicado na pincelada.

Texture Each Tip – a textura é aplicada a cada pincelada (clique, solte), em vez da pincelada traçada (clique, arraste).

Mode – ajusta o tipo de mesclagem da textura e da cor usada no pincel ao pintar. Funciona do mesmo modo que as mesclagens de conteúdos de camada.

Depth – profundidade que a textura alcança dentro da pincelada, especialmente útil quando a opção Texture Each Tip estiver ativa.

Depth Jitter – torna aleatório o valor de Depth ao longo da pincelada.

Control – funcionam como visto nos casos anteriores.

Dual Brush (pincel duplo)

Permite juntar dois pincéis em uma única pincelada ou traçado. Com um pincel que será a base já escolhido, siga o Dual Brush e escolha aquele que será sobreposto.

Exemplo de dual brush no photoshop

Os ajustes disponíveis (Flip, Size, Count, Size, Spacing, Scatter e Mode, funcionam tal como visto nos exemplos anteriores.

Color Dynamics (dinâmicas de cor)

Permite fazer ajustes às cores usadas ao pintar. Opções:

Background / Foreground Color Jitter – quanto mais alto, maior a variação entre as cores de fundo / primeiro plano ao passar o mouse pelo papel. As opções de Control são as mesmas vistas antes.

Para melhor efeito, é preciso ter duas cores diferentes selecionadas para o primeiro plano e plano de fundo.

Exemplo de Foreground/Background Jitter no Photoshop, no Color Dynamics

Control – mesmas opções vistas antes.

Hue Jitter – tremulação de tom, varia o tom conforme a pintura segue.

Exemplos de uso do Hue Jitter em pincel do Photoshop

Saturation e Brightness Jitter – tremulação na saturação e brilho das cores ao longo do traçado.

Purity – preserva ou não a pureza das cores em relação às originais, ao longo do traçado. Quanto mais próximo de 0, mais elas serão fiéis a cor original do pincel.

Outros ajustes do Brush Panel

São, na verdade, mais opções do que ajustes, já que não permitem modificações: apenas são ativadas ou não.

Noise – adiciona ruído à pincelada.

Exemplo de pincel sem e com uso de Noise no Brush Dynamics

Wet Edge – dá ênfase nas bordas da pintura, simulando efeito de tinta molhada, como aquarela.

Exemplo de pincelada sem e com uso de Wet Edges no Brush Dynamics

Airbrush – o pincel usado passa a ser do tipo aerógrafo. Ainda que alguns pincéis (como os Soft Round) tenham um efeito de aerógrafo, eles não serão afetados por efeitos e ajustes exclusivos de Airbrushes, a não ser que esta opção esteja ativada.

Smoothing – torna o traçado feito com o mouse um pouco mais suave, ajudando em traços que exigem mais precisão, como em curvas.

Protect Texture – preserva a mesma textura ao pincel que for guardado em um preset com esta opção marcada, sendo portando usada apenas por quem criar presets de pincel.

 

Além de ler artigos como este, é altamente recomendado que você abra seu Photoshop e pratique cada efeito de pincel, para entender melhor o funcionamento das dinâmicas. Só com prática você estará apto a imaginar efeitos pode combinar para conseguir pincéis exclusivos, que se encaixem nas exigências de seus próprios trabalhos.

Anúncios Google

Fundador do Tutoriart em 2010, é ex-instrutor de Photoshop, design web e gráfico. Em quase uma década de redação online, tem cerca de 1500 artigos publicados. Gerencia também o Memória BIT.

1 Comment

Write A Comment

Pin