Ideias

A arte visual dramática de Walter Molino

Artista italiano produziu vasto material para revistas e jornais. Destaque para o enfoque dramático, com expressões e movimentos.
Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr
Anúncios Google

Nascido em 1915, o italiano Walter Molino ilustrou quadrinhos, revistas e outras publicações por quase sessenta anos.  Suas capas esbanjavam drama, com muito uso de expressão corporal, luzes e ângulos de câmera.

Molino estreou como ilustrador e caricaturista em 1935, no jornal Il Popolo d’Italia e nas revistas infantis Il Monello e L’Intrepido. No ano seguinte, começou a trabalhar na revista satírica Bertoldo, e em 1938, se tornava ilustrador de quadrinhos com as séries Virus, il mago della Foresta Morta. Ampliou a parceria com Federico Pedrocchi (argumentista de Foresta Morta) em Capitan l’Audace, série que criaram para a revista L’Audace, além de Maschera Bianca e vários personagens.

Desde 1941, Molino foi o ilustrador oficial da capa da La Domenica del Corriere. Também colaborou com a revista feminina Grand Hotel, e como ilustrador de capa e artista principal de romances gráficos.

Duas capas do La Domenica del Corriere com notícias inusitadas: na primeira, o resgate de um gato preso no alto de uma igreja pelo padre alpinista. Na outra, sobre uma família de fumantes, incluindo um bebê.

Em Valperga, um gato branco chegou a uma cornija da torre do sino e da altura de 33 metros, impossibilitado de descer, miava desesperadamente. Na praça, sob o sol, uma multidão ficou observando. Enquanto isso, o padre da paróquia, Don Vincenzo Rubatto, montanhista habilidoso, amarrado a uma corda e segurado por três jovens, desceu de uma janela para salvar o gato que, assustado, não pôde ser pego. A tentativa seria abandonada. No dia seguinte, ninguém sabe como, o gato apareceu e havia conseguido descer sozinho.
Enquanto a campanha antifumo está em pleno progresso, o caso da família Bryan de Ashford, em Kent, causou surpresa: pai, mãe e filhos fumam furiosamente. Mas o surpreendente é que o garotinho da casa Percy, de 15 meses, fuma seus oito cigarros por dia. Todas as mães em geral, quando seus filhos fazem birra, colocam a mamadeira em suas bocas. Percy, em vez disso, pede um cigarro e ai deles se não lhe derem.

Conheça um pouco mais de Molino e babe nos visuais.

Anúncios Google

Fundador do Tutoriart em 2010, é ex-instrutor de Photoshop, design web e gráfico. Em quase uma década de redação online, tem cerca de 1500 artigos publicados. Gerencia também o Memória BIT.

Deixe um Comentário

Pin