Como fazer colorização estilo mangá no Photoshop

Como fazer colorização estilo mangá no Photoshop

Veja nesse passo a passo o processo de aplicação de cor em desenho estilo mangá, desde o traçado até cor e iluminação.
10

De todas as representações da cultura japonesa, uma das mais conhecidas no ocidente certamente é o mangá, que são as tradicionais histórias em quadrinhos. O característico traço japonês, com olhos exagerados e expressivos e traços simplificados, conquistaram adeptos no mundo todo, sendo tema de estudo em diversas escolas de desenho pelo país afora.

Além de histórias em quadrinhos, o estilo também se popularizou com as animações, podendo ser citadas séries como "Naruto", "Os Cavaleiros do Zodíaco" e "Dragon Ball Z", todas de enorme sucesso no Brasil quando apresentadas.

Esse tutorial, traduzido de original publicado pelo site Manga University (link no final), vai ensinar como colorir um desenho do estilo mangá, sendo bem fácil de acompanhar. Qualquer versão do Photoshop acima da 5ª pode ser utilizada.

Além de muitos tutoriais sobre mangá, o site também tem outros conteúdos relacionados à cultura japonesa, como cosplay, culinária e cursos de idioma japonês. Se estes temas lhe interessam, não deixe de visitar!

Traço

traço de mangá

Quando for desenhar a imagem que pretende colorir, use um papel grande e lápis com ponta fina. Isso garante que, mesmo traçando várias vezes, o resultado na tela seja refinado. Se cometer algum erro usando tinta no papel, isto poderá ser corrigido depois que a imagem for escaneada, no Photoshop. Apague os excessos no traçado, mantendo as linhas o mais limpas possível.

Um meio de limpar o traçado é através do ajuste de Brilho/Contraste (menu Imagem > Ajustes > Brilho/Contraste). Assegure-se de que a imagem está no modo RGB antes de continuar (menu Imagem > Modo).

Muitas pessoas gostam de manter o traçado em uma camada, e colorir em outra, logo acima, ajustada no modo de mesclagem "Multiplicação". Embora não seja errado, com esse método, você não conseguirá colocar cor no traçado. Colorir o traçado pode dar um toque de suavidade ao seu trabalho. Para conseguir isso, você deverá dar transparência à camada do traçado, permitindo assim aparecer cor que será colocada em uma camada abaixo dela (como se você colocasse o contorno do desenho em uma folha transparente). Isso será melhor explicado nos próximos passos.

Ajuste de contraste

ajuste incorreto de contraste ajuste correto de contraste

Antes de seguir, ajuste o Brilho/Contraste (ou os Níveis - Ctrl + L) da imagem, até que as áreas brancas sejam de branco puro e as pretas sejam de preto puro, mas cuidando para que não fique pixelizado (veja na imagem anterior). Se você não tomar cuidado e ajustar o contraste com excesso, terá um contorno grosseiro e feio. Se algumas áreas continuarem grosseiras, limpe-as um pouco mais.

Este trabalho exige paciência e concentração. Ao diminuir o zoom da imagem, erros minúsculos não serão percebidos, de qualquer forma, portanto, não precisa ser excessivamente detalhista.

camada do traço e de fundo

Para trasnformar seu contorno, já limpo, em contorno com transparência, selecione o papel todo (Ctrl + A), copie o conteúdo da camada do contorno e cole em uma nova camada. Você terá então duas camadas, como mostrado na imagem à esquerda,  com o contorno: Background (Fundo) e Layer 1 (Camada 1).

Exclua o Fundo e crie uma nova camada, preencha com branco puro e posicione-a abaixo do contorno. Você ficará então com uma camada de fundo, e uma camada separada com o contorno que desenhou.

guia de canais

Agora, vá ao menu dos Channels (Canais), clique no botão "Load Channel as Selection" (Carregar Canal como Seleção), que é o pequeno círculo pontilhado no rodapé do menu. Será criada uma seleção em todas as áreas brancas da imagem, eliminando a necessidade de criar uma seleção com a Ferramenta Varinha Mágica, por exemplo.

Evite usar a Varinha Mágica (a não ser que você esteja muito acostumado com ela e saiba como criar boas seleções), pois ela geralmente não cria seleções muito eficientes. Não é raro ver quem cria seleções com a Varinha e pinta diretamente sobre elas; isto pode parecer uma boa ideia, mas deixa horríveis pontos brancos próximos ao contorno.

áreas brancas selecionadas

Após clicar em "Carregar Canal como Seleção", todas as áreas brancas deverão ser circundadas por uma seleção.

contorno limpo

Assegure-se de que a Layer 1 (camada que contém o traçado) está selecionada, então aperte Delete uma vez. Isto vai excluir todas as áreas brancas da imagem, deixando o contorno sozinho na camada. Remova a seleção (Ctrl + D); você vai notar que o contorno estará um tanto apagado, não se preocupe pois isso será corrigido.

bloquear pixels transparentes

Ajuste a Layer 1 no modo "Bloquear Pixels Tranparentes" , marcando a caixa para isso que fica no menu de Camadas (é um botão com a representação do fundo transparente, em quadradinhos). Isto permite pintar em cima das linhas sem colocar cor nas áreas transparentes ao redor delas. Selecione um pincel aerógrafo grande e pinte sobre a imagem toda com preto puro. O contorno deverá ficar bem visível outra vez.

traço completo

ordem das camadas até o momento

Crie uma nova camada entre as duas existentes (aqui chamada de "skin", ou pele); ela será usada para colorir a pele (você pode começar colorindo a parte que preferir, mas neste tutorial, o autor decidiu começar pela pele).

Muitas pessoas usam a Varinha Mágica para selecionar uma área que será pintada, mas isto não é recomendado por razões já explicadas. Em vez desse método, prefira usar o Laço Poligonal para selecionar áreas que você quer colorir. Pode ser um pouco mais demorado, mas funciona melhor.

Ferramenta Laço Poligonal

Algumas áreas mais complexas, como partes do cabelo, podem ser difíceis de selecionar; se tiver dificuldade, tente usar a Ferramenta Caneta, criando um demarcador e depois convertendo para seleção (leia este artigo para aprender a criar seleções com a Caneta).

seleção nos olhos

início da aplicação de cor na pele

Quando tiver toda a pele selecionada, escolha a cor que quer usar e preencha as áreas com a Ferramenta Balde de Tinta (atalho: G). Se tiver problemas para escolher cores, procure na internet por pinturas de personagens com belos tons de pele, e copie a cor com a Ferramanta Conta-Gotas (atalho: I). Se a cor não agradar após o preenchimento, você pode corrigir com ajuste de Matiz/Saturação (atalho: Ctrl + U).

Quando escolher a cor, considere o ambiente do desenho. A imagem representará luzes do dia ou da noite? Que tipo de ambiente você quer para o desenho? As cores que serão usadas vão determinar o clima e humor da imagem, então leve isto em conta antes de começar a colorir.

aplicação de mais cores

A seguir, selecione outras regiões da imagem e vá preenchendo com cor, da mesma forma que antes. Assegure-se de que cada cor será colocada em uma camada própria, ou pelo menos tenha cuidado para que uma cor nunca toque outra, sendo determinadas suas áreas pelo traçado preto. Assim, será mais fácil para criar o sombreamento depois.

Não tente colocar sombras nesse ponto ainda, isto será feito mais à frente. Será desagradável se você começar a sombrear e depois perceber que aquela cor não era bem a que queria ou que a cor da roupa não combina com o fundo; se preencher tudo primeiro, terá noção exata se aquela coloração é a que pretende.

Para esta imagem, o autor quer um ambiente suave e claro, então foram escolhidas cores suaves e claras. Lembre-se de que as cores afetarão o ambiente da pintura, então use o tempo que for preciso para escolher bem todas as cores. Usuamente, gasta-se algum tempo ajustando e reajustando as cores da pele, cabelos e roupas, até que a combinação esteja agradável.

início do sombreamento

Agora que as cores foram preenchidas, podemos começar o sombreamento. Começaremos por pele e cabelos. Mantenha o botão "Bloquear pixels transparentes" marcado para evitar preencher áreas do contorno (que portanto, não foram selecionadas com a Ferramenta Laço); isto torna o processo muito mais fácil.

Selecione uma versão mais escura da cor base na camada em que vai trabalhar. Como dito antes, se tiver dificuldade para escolher cores, e também em luz e sombra, procure referências na internet, com outros trabalhos semelhantes ao seu.

Muitas pessoas não tem uma mesa digitalizadora à disposição (o que facilitaria muito o sombreamento), e se você só usa o mouse, pode criar as áreas de sombra usando a Ferramenta Caneta de Forma Livre, depois colorindo manualmente; ou use o Laço Poligonal para criar as seleções. Há várias formas de se fazer isso, use a que deixar você mais confortável. Vá experimentando, com paciência, até descobrir o método que mais lhe agrada.

mais detalhes e sombreamento

Pode ser uma boa ideia usar várias camadas para sombrear, especialmente em áreas de pele e cabelos. Se preciso, ajuste os tons de pele para ajustá-la melhor com a cor da sombra. Um meio de fazer isso é selecionar a cor que quer mudar com a Ferramenta Conta-Gotas (atalho: I), então ir ao menu Imagem > Ajustes > Substituir Cor. Assim, você muda a cor sem ter que refazer o preenchimento.

personagem totalmente colorido

Quando terminar de sombrear a pele, siga para outras áreas. O cabelo foi colorido do mesmo jeito: selecione uma cor mais escura do que a cor base, e preencha áreas pré-determinadas (por uma seleção) de sombra. Atente para a direção de origem da luz: se a luz vem da esquerda, crie as sombras do lado direito dos objetos, e mantenha esse padrão por toda a figura. Se preciso, use outras imagens como referência.

adição de sombras

Se quiser, adicione uma segunda camada de sombras para o cabelo, para preencher áreas com mais profundidade, usando tons mais escuros da cor base. Fique à vontade para criar áreas iluminadas também. Não foram adicionadas áreas de luz nesta imagem pois o autor não sentiu necessidade, já que o ambiente é bastante claro, mas se você precisar fazê-lo, use uma caada separada para isso, acima da camada do cabelo. Áreas de luz sobrepostas às áreas de sombra é um bom método de criar regiões brilhantes.

cor nos detalhes

Passando para os traje. Começamos com as esferas, que receberão um efeito brilhante. Embora pareçam complicadas, são fáceis de fazer: comece criando sombras no centro da esfera. Nesta imagem, o autor já havia desenhado a área de sombra no traçado original, o que pode não ser a melhor das ideias. Então, neste caso, foi apenas usada a Ferramenta Borrar (atalho: R) com suavidade.

sombreamento nos detalhes

Use uma cor mais escura que a base da esfera para sombrear o centro da esfera, assim como a parte inferior. O nível de detalhamento dependerá do que você quer.

iluminação nos detalhes

A seguir, adicione algumas luzes arredondadas nos locais que recebem a luz diretamente. Para destacar mais a luz, foi adicionada uma sombra ao redor do brilho. Crie quantas camadas forem necessárias, com os brilhos sobrepostos.

mais iluminação

Comece a adicionar sombras as outras áreas detalhadas da imagem, sempre cuidando para manter a veracidade de luz e sombra. Use diversas camadas de luz e sombra, para obter mais profundidade e volume na imagem. Recomenda-se usar pelo menos três tons diferentes por camada.

mais sombras

Conclua os outros detalhes da imagem. Lembre-se de que quanto mais camadas você usar para sombrear, melhor será o efeito de profundidade. Mas cuidado para posicioná-las corretamente, senão a quantidade de camadas não fará diferença.

contorno colorido

Lembra-se de que no começo do tutorial foi dito que adicionar cor ao contorno torna a imagem mais suave? Bem, agora é hora de fazer isso. Volte à camada do contorno, assegure-se de que o botão "Bloquear pixels transparentes" está marcado, escolha a versão mais escura da cor vizinha à área que você vai pintar e pinte o contorno. Para o cabelo, foi usado um azul escuro; para a pele, marrom escuro.

O que isso faz é tornar as arestas menos proeminentes, mas mantendo a borda que define a região. Compare a imagem acima com a anterior e veja a diferença no traçado. Embora sutil, torna a qualidade da imagem muito maior, especialmente se o traçado for bem fino.

personagem finalizado

Ao terminar o personagem, talvez você queira adicionar um belo fundo. Mesmo um fundo simples pode dar um toque especial ao trabalho. Foi traçado um fundo simples e rápido, que consiste de uma cidade e algumas montanhas, colocado em uma camada abaixo da pintura principal. Torne o esboço do fundo transparente usando o mesmo processo do início do tutorial.

Pode ser melhor incluir o fundo já no seu primeiro esboço, mas neste exemplo, o autor não pensou em usar um fundo antes de escanear o traçado do personagem.

criação do fundo

Em seguida, preencha as cores da base usando o método já explicado do Laço Poligonal e camadas diferentes para cada cor.

colorindo e detalhando o fundo

Depois das cores da base, vá adicionando luz e sombra e criando um efeito de profundidade. Será interessante ter referência ao criar o fundo, como outras imagens e fotos.

finalização do fundo

Adicione alguns efeitos de luz no alto das montanhas, criando um efeito suave e agradável. Ele foi feito com o filtro Reflexo de Flash (menu Filtro > Acabamento > Reflexo de Flash) para a parte mais brilhante, e os traços luminosos feitos com o Laço Poligonal determinando áreas triangulares, que depois foram preenchidas com branco puro e desfocadas pelo filtro Desfoque Gaussiano (menu Filtro > Desfoque > Desfoque Gaussiano). Ajuste o modo de mesclagem da camada para "Soft Light" (Luz Suave), com opacidade em torno de 70%.

pintura dos reflexos

Quase pronto. Se quiser, crie uma nova camada no topo de todas as outras, e nela coloque algumas luzes a mais. Com o pincel aerógrafo em baixo fluxo (de 20 a 40%), adicione cuidadosamente pontos de luz reflexiva em partes metálicas da roupa do personagem.

Trabalho finalizado

colorizacao de manga finalizado

  • wellington

    excelente trabalho e tutorial mas esse estilo é ''anime'' e não mangá. queria saber se dá pra imitar os transfers usados em mangás.

    • http://www.tutoriart.com.br Daniel Lemes

      Wellington, não entendi, transfer usado em mangá? Desconheço, talvez algum desenhista que conheça a técnica leia aqui e possa te ajudar, vou ficar devendo... :o

      • http://www.olhardegeek.com.br Neob

        A Ideia de ANIME vem de ANIMAÇÃO, e como não estamos falando de um deseNho em ANIMAÇÃO, é sim MANGÁ

  • Gabriel

    SURPREENDENTE! AMAZING! 驚くべき!

  • http://www.studio.seasons.nom.br/ Simone Beatriz

    Esse "transfer" que o Wellington se refere são as retículas (screentones) muito usadas nas páginas de mangá. Dá para simular ou aplicar retículas externas pelo Photoshop, mas o mais recomendado é usar o MangaStudio, um programa específico para criação e acabamento em mangá.
    Se quiser aplicar retículas pelo Photoshop, o estúdio no qual trabalho disponibiliza algumas aqui: http://blog.studioseasons.com.br/?page_id=206
    :)

    • http://www.tutoriart.com.br Daniel Lemes

      Obrigado pela ajuda, Simone! :)

      E Wellington, se for fazer isso pelo Photoshop, aplicação de texturas deste tipo (arquivos de retícula em imagens como png, jpg, tiff e gif também são texturas, afinal) precisarão de ajuste no modo de mesclagem; Multiply, Darken e Linear Burn costumam funcionar bem, mas faça testes para ver qual melhor se adapta ao que estiver fazendo.

  • http://canalphotoshop.info/ Jean Carlo

    Excelente post Iceman. Uma vez fiz isso em um desenho de um amigo e ficou muito bom. Tirando o fato de ser um pouco trabalhoso, vale a pena.

    abraços

    • http://www.tutoriart.com.br Daniel Lemes

      Obrigado, Jean (agradeço em nome do Manga University, autor do artigo) :grin:
      É bem trabalhoso mesmo, trabalho meticuloso, técnico... Mas o resultado fica bacana.

  • Raquel

    Olá, adorei o tutorial, mas tenho uma duvida. As camadas de cores são no modo normal ou multiply? E as camadas de sombra? É cada tom um layer ou podem ser no mesmo? E a de luz, é no modo normal?
    Agradeço desde já e parabéns pelo tutorial.

    • http://www.tutoriart.com.br Daniel Lemes

      Olá, Raquel!

      As camadas de cor são no modo de mesclagem normal. Você pode colocar cada cor em uma camada (mais indicado), ou se achar mais confortável, fazer tudo numa camada só; basta criar a seleção de cada área e preencher. A camada que tem o contorno vai esconder o encontro entre elas.

      O único ponto em que o autor usou alteração no modo de mesclagem foi no Reflexo de Flash (para criar o brilho). Ao pintar luzes e sombras, a técnica foi a mesma da pintura comum: camadas, seleções e preenchimento. Sem alterar mesclagem.